Tubos de Aço Carbono para trocas térmicas

Solicitar Orçamento (Cotação)

A Verola possui o maior estoque do Brasil em Tubos de aço carbono com costura nas normas DIN 2458/EM 10220 e DIN 2394/EM 10305 2. Estes tubos são utilizados principalmente para evaporadores, aquecedores, assim como para Pré-Ar de caldeiras, para condutores de gases e de super-aquecedores.

Consulte dimensões e peso aqui


DIN 2458 – DIN EN 10220

Principais Medidas conforme aplicação:


Pré-aquecedores – Caixa de Evaporação
31,75 x 2,65 mm
38,10 x 2,65 mm
COMPRIMENTOS DIVERSOS
Vácuo
101,60 x 3,76 mm
COMPRIMENTOS DIVERSOS

DIN 2394 – DIN EN 10305 2

Principais Medidas conforme aplicação:

PRÉ AR DE CALDEIRA
63,50 X 2,25mm
63,50x2,11mm
COMPRIMENTOS DIVERSOS

1 - Aplicação

Estes tubos são utilizados principalmente para evaporadores, aquecedores, assim como para condutos de gases e de superaquecedores.

1.1 - Evaporadores, pré-aquecedores
1.2 - Pré-Ar de caldeira

2 - Material e Propriedades Mecânicas

O material utilizado é, em geral, SAE 1008/12. Mediante pedido, pode ser utlizado outros tipos de aço. (Conforme tabela 2)

2.1 1 - Estado de Fornecimento
Os tubos podem ser tratados termicamente ou não, dependendo da necessidade do cliente, a qual deve ser expressa no pedido de compra.

2.2 2 – Propriedades Mecânicas
Os tubos independentemente do ensaio de fornecimento devem possuir as propriedades mecânicas abaixo.

Resistência a Tração

Alongamento

290 MPa

20%

3 - Dimensões e tolerâncias dimensionais

3 .1 – Diâmetro e espessura conforme Tabela 1

3 .2 – Comprimento < 6.000 mm: + 10 mm, sendo aceitável até no minimo + 5 -0 mm.
6.000 mm: + 100 mm, sendo aceitável até no mínimo + 10 – 0 mm.
Pedidos com comprimento 6.000 mm, é padrão de fornecimento máximo 10% de curtos, com nenhum tubo menor que 40% do comprimento combinado.

3 .3 – Retilineidade. Tubos visualmente retos. Mediante acordo pode ser indicado flecha máxima.

4 - Acabamento

4.1 1 – Acabamento das pontas
Os tubos podem ter a extremidade com pontas chanfradas ou corte com serra de aço rápido a baixa rotação.

4.2 2 – Acabamento da superfície
Os tubos podem ter a superfície preta ou decapada.

4.3 3 – Remoção de rebarba interna
Os tubos podem ter a rebarba interna removida.

5 - Ensaio

Quando não especificado pelo cliente os tubos não são submetidos a ensaio não destrutivos.

6 - Embalagem

Os tubos são fornecidos em amarrados sextavados.

Tabela 1 – Diâmetro , espessura e tolerância

Ø Externo (mm)

Tolerância
Ø externo (mm)

Espessura Mínima (mm)

Espessura Máxima (mm)

Tolerância
espessura

19,05

± 1%

1,60

2,30

Até 3,00 mm

21,30

1,60

2,30

25,40

1,60

2,60

26,90

1,60

2,90

31,75

1,60

2,90

33,70

1,60

3,20

38,10

1,60

3,20

+ 0,30 – 0,25

42,40

1,60

3,20

(inclusive)

44,45

1,60

2,60

48,30

1,60

4,60


50,80

1,60

5,00


57,15

1,60

5,00


60,30

1,60

5,00


63,50

1,60

5,00

Maior que 3,00 mm

70,00

1,60

5,00

+ 0,45 -0,35

73,00

1,60

5,00

76,10

1,60

5,00

82,55

1,60

5,00

88,90

1,60

5,00

101,60

2,00

5,00

114,30

2,00

5,00

Tabela 2 – Tipos de Aço – Tabela Comparativade Composição Química

Chapa


C

Mn

Si

S

P

Cu

Cr

Ni

Ti

Al

Nb

SAE 1008/12

Mín













Máx.

0,10

0,50


0,035

0,030




















CST-COR (*)

Mín.



0,50


0,009

0,05

0,24

0,20





Máx.

0,18

1,30

1,50

0,030

0,06

0,40

0,60

0,40

0,15


0,05














ASTM A 423 (**)

Min.



0,10


0,06

0,20

0,24

0,20





Max.

0,15

0,55


0,06

0,16

0,60

1,31

0,70

















SAC 50

Mín.



0,10



0,20

0,40






Máx.

0,16

1,40

0,55

0,025

0,035

0,50

0,70


0,15

0,06















COR 420

Min.






0,20

0,55



0,015



Max.

0,17

1,00

0,35

0,025

0,025

0,50

0,80



0,070


Solicitar Orçamento (Cotação)

Fazer o download do PDF - Tubos de Aço Carbono para trocas térmicas